Gestão

Gestão empresarial: os 3 principais tipos e como escolher a melhor

Postado por: em 28/09/2020
gestão empresarial

A gestão empresarial é responsável por manter a equipe motivada, produtiva e com foco em resultados. Mas será que existe a melhor forma de gestão? Trouxemos os 3 principais tipos para você entender que é possível liderar de maneira distinta de acordo com os objetivos definidos.

 

Sabendo que a gestão é essencial para a consolidação da cultura e valores da empresa, bem como para o desenvolvimento, é essencial que sejam traçadas as metas do negócio para que o gestor trabalhe com base nelas.

 

Além disso, antes de tudo, uma boa gestão permite que os colaboradores se desenvolvam como pessoas e profissionais. Assim, as chamadas soft skills, associadas a habilidades sociais, de comunicação e trabalho em equipe, podem ser estimuladas a partir de uma gestão eficiente.

 

Para conhecer os 3 principais tipos de gestão empresarial e descobrir qual delas pode ser mais interessante para o seu negócio, continue lendo este artigo.

 

Boa leitura. 

 

Os 3 principais tipos de gestão empresarial

 

Antes de escolher a melhor gestão para a sua empresa é necessário entender quais são os 3 principais tipos e como cada um pode se adequar às necessidades do seu negócio.

Cadeia de Valor

 

A Cadeia de Valor é um modelo de gerenciamento introduzido por Michael Porter em 1985. Essa é uma forma de gestão que visa analisar regularmente a vantagem competitiva do negócio diante do seu mercado de atuação.

Esse modelo compreende todas as atividades desempenhadas numa empresa, desde a produção, vendas, atendimento ao cliente, até contato com os fornecedores. O valor é, então, aquilo que o cliente está propenso a pagar pelo produto ou serviço e a meta na Cadeia de Valor é criar valor para o consumidor.

Por fim, sabendo qual é o valor das atividades dentro do negócio, deve-se então estabelecer as melhores estratégias de maximização. Dessa forma, a partir da minimização dos custos e criação de vantagem competitiva no mercado é possível alcançar melhores resultados dentro desse modelo de gestão.

Ciclo de Inovação

O foco desse modelo de gestão está nos procedimentos de inovação adotados pela empresa. A partir do Ciclo de Inovação, a liderança pode analisar e administrar com efetividade o ciclo de vida de uma inovação.

Nesse sentido, com da criação de novos processos, novos serviços e bens, a corporação está inovando e criando vantagem competitiva ante os seus concorrentes. 

Quanto ao processo, o Ciclo de Inovação acontece em três etapas:

  • criação;
  • implementação;
  • capitalização.

Cada etapa deve ser administrada e analisada de maneira detalhada e distinta, dependendo o objetivo inicial proposto. Na primeira fase, são feitos os experimentos e brainstorm de ideias com base nas tecnologias disponíveis.

Já na segunda fase, as melhores propostas são amadurecidas e, aquelas que se destacam são levadas à diante. Na fase combinatória, acontece o investimento de capital nas ideias que parecem mais promissoras, mesmo que elas também pareçam arriscadas.

Então, na fase final, conhecida como incremental, acontece a consolidação do projeto e a empresa está pronta para inovar no mercado.

Ciclo de Deming ou PDCA

 

O Ciclo de Deming ou PDCA consiste em planejar, realizar, controlar e agir (plan, do, check, act). Neste modelo de gestão, podem ser estruturados projetos e melhorias dentro dessas quatro etapas. Assim, seguindo o passo a passo, o objetivo é promover ações com agilidade e eficiência.

No planejamento, são identificados os problemas e é traçado o plano de ação para a resolução de cada um deles. Na fase de realização é posto em prática esse planejamento.

Em seguida, na fase de controle, são analisados os resultados alcançados, o que deu certo e as falhas percebidas. Nesse momento é importante apresentar um relatório com as percepções encontradas.

Na fase final, de ação, são corrigidas as falhas do plano inicial e implementados os padrões que vão promover consistência nos resultados. A partir daí, podem ser feitos novos planejamentos para que  os processos sigam com melhorias.

Como escolher a melhor gestão?

 

Ao entender os 3 principais tipos de gestão empresarial o gestor pode se questionar como fazer a escolha ideal para a empresa, mas não é preciso escolher apenas um deles. A flexibilidade é uma habilidade essencial para qualquer gestão. 

O melhor modelo de liderança é definido a partir do cenário que a empresa está atravessando. Isso pode significar que um modelo funcione melhor num momento e outro seja o ideal para outra circunstância. 

O questionamento mais importante no momento da escolha parte sempre da necessidade do negócio. Nesse sentido, o foco pode estar na melhoria dos processos ou em melhores resultados.

Foco em processos

Quando as necessidades da empresas estão atreladas a padronização e melhorias nos métodos e procedimentos, o modelo de gestão ideal deve visar o aprimoramento das execuções. Assim, podem ser alcançados resultados mais duradouros. 

Foco em resultados

Com o foco em resultados, as soluções trazidas pela gestão precisam ser rápidas, para que as metas estabelecidas sejam alcançadas com eficiência.

As empresas que atravessam momentos de crise demandam uma gestão capaz de ajudá-las a se recuperar, com uma liderança e equipe trabalhando juntas e mirando o sucesso.

***

 

Neste artigo você conheceu os 3 principais tipos de gestão empresarial e percebeu que não é essencial escolher apenas uma delas para administrar seu negócio. O ideal é colher o melhor de cada uma e adaptar às necessidades da empresa, bem como deve estar atento aos objetivos preestabelecidos para traçar os melhores planos de ação dentro da organização.

Agradecemos por ter chegado até aqui! Se estiver em busca de mais conteúdo que vai ajudar a gestão eficiente do seu negócio, siga a página da Rits no Linkedin. Até o próximo artigo!