E-commerce

Como transmitir segurança para o cliente em seu e-commerce?

Postado por: em 01/12/2021

Tendo em vista os diversos golpes divulgados pela mídia ao longo dos anos, muitos consumidores ainda ficam apreensivos na hora de efetuar uma compra online. Esses consumidores suspeitam da real segurança dos e-commerces, principalmente em relação ao que pode ser feito com os seus dados bancários e pessoais. Desde então, as empresas investem em mais segurança de dados e outras boas práticas para ter um site lucrativo, seguro e de alto nível. A seguir, vamos abordar algumas delas.

Certificados Digitais e Criptografia de Dados

O cliente busca confiar mais em lojas com certificação, conferindo selos e outros indicativos se o site é realmente seguro. A princípio a loja pode disponibilizar um Certificado Digital SSL, estabelecendo um vínculo seguro entre o visitante e sua loja virtual, formando um túnel criptografado e improvável de ser rompido, impedindo que terceiros tenham acesso aos dados, sendo assim sua empresa e cliente ficarão seguros e codificados.

Mas vale lembrar que não existe somente o certificado digital SSL. Se o seu site não possui um selo de segurança, busque por empresas de confiança que disponham dessas certificações e as representem na sua página de forma perceptível. Porém, tomando o devido cuidado, pois existem selos que são somente imagens e não oferecem nenhuma segurança, pelo contrário, poderão trazer ainda mais problemas para seu site.

Os Certificados Digitais podem não ser baratos, porém são investimentos necessários para afirmar a seriedade de sua marca. Por isso, não deixe de adicionar os selos de segurança apresentados por tantas empresas do setor no rodapé e publicar nas redes sociais esses diferenciais de segurança. Tenha o que apresentar para seu cliente, afinal de contas, não adianta propagar a importância da segurança sem adquirir certificação.

Atendimento em tempo real e canais de suporte

Outro ponto importante é manter uma boa relação entre loja e cliente, onde deve acontecer uma conexão transparente e que considere as necessidades do consumidor, fornecendo medidas para solucionar problemas e recursos de comunicação eficientes.

Ter um analista de experiência do cliente (Customer Experience) à disposição para realizar um atendimento em tempo real faz com que o seu cliente se sinta mais seguro sobre o processo de seu pedido. Não é necessário que esse atendimento seja 24h, mas em horário comercial é mais do que favorável ter um chat de suporte com respostas rápidas e assertivas.

Dados sobre a empresa e políticas em destaque

Deve ser considerada também a visibilidade de dados da empresa, como CNPJ e endereço físico, em um local visível no site. Informe sobre as políticas de proteção e armazenamento de dados do consumidor, bem como quais são as diretrizes de troca e devolução.

Além de ser obrigatório por lei, deixa o consumidor informado de como pode se comunicar com a empresa se algo der errado, criando assim um vínculo de confiança, fazendo com que o consumidor opte por efetuar a compra nestas páginas.

Algumas empresas tem costume de colocar em letras minúsculas e espaços escondidos a privacidade da empresa e políticas de pagamento, porém, estabelecimentos responsáveis não têm medo de divulgar registros estaduais, endereço de sua sede, CNPJ e telefone, afinal de contas isso ajuda a construir uma verdadeira relação de confiança e transparência com o consumidor.

Experiência do Usuário em foco

O que também não pode passar batido em uma loja virtual é um design bem desenvolvido, que pode sim acabar impressionando a percepção de segurança dos clientes. 

Ao entrarem em um site que possua layout padrão sem personalização ou que apresente uma aparência desatualizada, a maioria dos usuários deixa de acessar ou comprar, uma vez que a loja virtual não lhe passa uma segurança ou não parece confiável aos seus olhos.

Confirmação social e avaliação pós-compra

Hoje em dia, quase todo consumidor pesquisa opiniões feitas por outras pessoas antes de realizar uma compra online. Esse comportamento é chamado de confirmação social e, de acordo com um estudo americano, uma opinião feita por um cliente tem 12 vezes mais confiabilidade do que dados oficiais do produto. Dessa forma, podem se expandir as vendas em uma média de 18%.  

Portanto, tenha essa conduta a favor do seu negócio e produza um campo para avaliação pós compra, em que seja bem completo. É viável, por exemplo, exibir quantas pessoas adquiriram aquele produto e mencionar ocorrências na mídia. Uma loja que valoriza a qualidade do seu serviço, sem dúvida, terá clientes satisfeitos.

Developer