E-commerce

A influência da personalização do e-commerce na experiência do consumidor

Postado por: em 25/08/2020
A influência da personalização do e-commerce

É inegável o crescimento do e-commerce, sendo cada vez mais um mercado em potencial principalmente no consumo através desse formato. Por isso, a personalização do e-commerce se torna ainda mais relevante na hora de posicionar melhor no mercado.

Em 2020 se tornou cada vez mais expressivo o consumo por meio do e-commerce, principalmente diante do contexto vivido no período de pandemia. 

Um exemplo desses dados é da ABComm e a Konduto que registraram um aumento de 40% no número de vendas on-line, mostrando o impacto direto da pandemia. 

E esse é um reflexo que pode mudar completamente a forma de compra do consumidor, que estará cada vez mais atento ao digital. Inclusive, temos um outro artigo que apresenta as novas tendências para o e-commerce para o pós pandemia

Toda essa evolução acontece graças a um constante avanço tecnológico que permite novas experimentações para a compra feita pelo consumidor.

Isso sem esquecer a própria vivência do consumidor com a tecnologia, fazendo com que seu perfil esteja cada vez mais adaptável a novos formatos. 

Um exemplo disso está em uma estimativa da eMarketer que prevê 72,9% das compras que serão feitas on-line acontecerão por meio de um dispositivo móvel até 2021. Também existe a diversificação das formas de pagamento e entre outras tendências que podem vir a surgir ao longo do tempo. 

Por isso neste artigo reunimos dicas para orientar e indicar a importância sobre a personalização que você pode fazer em seu e-commerce. 

Boa leitura!

 

Por que personalizar seu e-commerce?

Atualmente os clientes podem interagir com a sua empresa não só por meio da sua plataforma de e-commerce, mas pode estar em distintos canais com uma grande variedade de formatos. Isso pode acontecer através de anúncios, banners de exibição, blogs, vídeos, webinars, etc. 

Isso sem contar com os diversos dispositivos que o consumidor pode usar para entrar em contato com a marca. Eles possuem diferentes formatos, desde o computador, celular, tablet até os smartwatches.

Esse é um fato que faz com que seja pensada uma estratégia que abranja os diferentes canais levando o consumidor ao principal.

 

Entenda bem o seu consumidor

O comportamento do consumidor está sendo cada vez mais diverso, sendo influenciado por diversos fatores. Acesso a internet, dispositivo, interesses de consumo, entre outros. 

Uma das formas de estar próximo do usuário é através de recomendações. Para que a recomendação seja eficiente é necessário o entendimento do perfil comportamental do visitante do site.

Após a obtenção dessas informações que foram recolhidas, são feitas, de acordo com os dados obtidos sobre o usuário, sugestões de produtos que estejam no gosto do consumidor.

Essas recomendações podem acontecer da seguinte forma:

 

Recomendações do histórico recente de navegação

Essas recomendações são feitas através de um histórico gerado a partir das categorias, produtos e interesses que o cliente demonstra em seu acesso. 

Deixando facilmente visível em blocos os produtos que possivelmente o cliente venha a adicionar no carrinho e comprar. Os produtos que o cliente visitou ficam sempre visíveis, facilitando o acesso caso o cliente decida comprar.

 

Recomendação de produtos similares com base na navegação 

Para esse tipo de recomendação o UX é o termo central deste tipo de inteligência. Pelo fato de gerar uma facilidade, o seu principal objetivo é encontrar produtos que são relevantes para o usuário. 

Inclusive, temos um artigo que fala um pouco mais sobre a importância do UX para as vendas de seu e-commerce. 

Um dos pontos altos é ter uma página principal personalizada à experiência do usuário, por despertar a sensação semelhante a de se estar em uma loja física em que o consumidor reconhecido pelo seu perfil de compra e interesses. 

Com uma boa receptividade dos usuários, esse é um formato que pode despertar o aumento expressivo na conversão, tendo em vista que o usuário será persuadido a permanecer no seu e-commerce e possivelmente realizar a compra.

 

Recomendação de itens complementares

Essa recomendação funciona como uma forma de indicar uma compra cada vez mais completa. Mostrar o quanto é útil levar algo a mais que funcione junto a compra principal.

Esta é uma estratégia que garante um aumento na movimentação do estoque e também elevar o ticket médio do site, sendo esse sem dúvidas um dos maiores fatores a apresentar retorno.

 

Disponibilize uma loja responsiva para o consumidor

Adaptar a sua plataforma para acessos mobile vai muito além do que apenas ter um site em que se adapte a tela pequena de um smartphone. É importante pensar em toda estrutura para que não existam dificuldades no uso através destes dispositivos. 

Nesse sentido, sites que não demorem a carregar fazem diferença na experiência do usuário, sem esquecer da preocupação com o já citado UX. 

Além disso, apresente imagens de seus produtos, permita que seja dado zoom facilmente na imagem ilustrativa, apresente boas descrições do produto e detalhe bem as informações referente aos valores. 

 

Faça da compra uma excelente experiência

Permita ao seu usuário ter uma experiência muito além de uma compra, apresente conforto e facilidade para o uso. 

Não deixe de exibir para seu consumidor produtos que ele tenha mostrado interesse prévio. Facilite para que eles encontrem algum produto anteriormente visto e também não esqueça de apresentar produtos semelhantes e complementares ao que foi demonstrado interesse. 

Esteja atento ao que foi colocado e o que tenha sido abandonado do carrinho, futuramente pode se tornar uma nova oportunidade. 

Dessa forma, entenda quais são as preferências pessoais e adapte a experiência de check-out. Assim também, observe como é feito o pagamento normalmente e simplifique o check-out de seu cliente.

 

Tenha um pós venda e se mostre disponível a novas visitas

É interessante entrar em contato novamente com seu cliente para entender como foi a experiência e apresentar recomendações. Faça com que seu cliente se sinta único!

Durante o artigo temos falado sobre a personalização, ela também não pode deixar de acontecer no contato feito com o seu cliente. 

Assim, sempre esteja atento a receptividade do cliente com seu contato, veja a taxa de abertura de email e entenda se a abordagem está chamando atenção de seus contatos de interesse. 

 

Acompanhe tendências e se permita inovar

O e-commerce está completamente imerso no mundo digital, que como mostramos está em constante evolução com diversos avanços. Procure estar sempre acompanhando as tendências.

Estar atualizado quanto às novidades permite vanguarda e proximidade com o que os consumidores estão buscando. 

***

Neste artigo, conseguimos ver como algumas estratégias de personalização podem ser utilizadas para alavancar seu e-commerce.  

Essa é uma tática que pode variar dependendo da estratégia adotada e ser específica para cada empresa. 

Agradecemos por ter chegado até aqui! Continue acompanhando nosso conteúdo, siga a página da Rits no Linkedin e acompanhe mais conteúdos em nosso blog

Até o próximo artigo!